Miniconto de amor

transitoamor

Ela está parada no sinal, dentro do carro.

Na pista ao lado, para um carro ao seu lado.

Dentro, há um homem lindo, olhando para ela.

Ela desvia o olhar.

Depois de alguns segundos, toma coragem e resolve olhar de novo.

Ele continua a olhar para ela. Fixamente.

Sem dúvida nenhuma é um homem lindo.

De repente, o homem faz uma careta.

Ela leva um susto.

E resolve fazer uma careta para ele também.

Ele lhe devolve outra careta ainda mais engraçada.

Aos poucos, começam a competir quem faz a careta mais horripilante.

De repente, ele não aguenta e dá uma gargalhada com a última careta que ela faz.

Ela desaba e começa a rir também.

É quando ela descobre que ele tem o sorriso mais lindo que ela já viu.

O sinal abre.

Os dois percebem e se olham. Sérios.

Atrás, os carros começam a buzinar.

Ele se despede com um olhar triste, acelera e vai embora.

Ela, nervosa, engata a primeira, mas deixa o carro morrer.

Vê o carro se afastar e sente uma tristeza profunda no peito.

Em seguida se sente a mulher mais ridícula do mundo.

Tenta ligar o carro de novo. O motor responde e o carro finalmente pega.

Ela engata a primeira e vai embora.

Fim

3 ideias sobre “Miniconto de amor

O que achou?